MENU

Casa de Cultura Laura Alvim reabre com música e exposição

Após ter passado por extensa reforma, que modernizou suas instalações, a Casa de Cultura Laura Alvim (um espaço da Secretaria de Estado de Cultura/FUNARJ) reabre como um verdadeiro presente para a população do Rio de Janeiro, num dos pontos mais bonitos e privilegiados de Ipanema: Av. Vieira Souto, 176. A reabertura está marcada para segunda-feira, 19/9, às 19h30, com show-surpresa de música. Na mesma data começa, na Galeria, uma divertida exposição do paulista Júlio Bittencourt. Ele passou três anos fotografando o cotidiano do Piscinão de Ramos,

Com nova identidade visual, adequada a sua nova fase, a Casa de Cultura Laura Alvim reabre com seus dois teatros completamente modernizados, três cinemas, um grande salão para eventos, de frente para o mar, salas multiuso, galeria de arte e espaço para gastronomia, e apresenta uma série de novidades, como um estúdio musical para ensaios e gravações, aberto a todos. E continuará oferecendo uma programação variada e de qualidade.

A reforma e a modernização – trabalho sem precedentes na Casa desde sua inauguração, mais de 30 anos atrás – foram patrocinadas pela empresa suíça Omega, que se instalou ali, durante a Olimpíada, e deixou o espaço ainda mais encantador.

"A Casa de Cultura Laura Alvim vai voltar à atividade mais bonita e revigorada. Houve uma modernização completa dos teatros, tanto o principal quanto o porão, com a troca de equipamentos obsoletos por outros novos. A área para exposições também foi totalmente renovada, com a requalificação de espaços que, antes, estavam sendo subutilizados por falta de melhores condições estruturais. Sem falar que a casa está mais segura e bem iluminada, com a substituição de toda a parte elétrica", destaca a Secretária de Estado de Cultura, Eva Doris Rosental.

“A Casa renasce como um centro cultural preparado para o século 21, contemplando as várias linguagens artísticas. Teremos palestras, workshops, oficinas, espetáculos e projetos culturais que atenderão aos diferentes gostos e perfis de público. Queremos que o Núcleo de Narrativas Visuais seja referência de fotografia, um ponto de estudo, acesso a novas técnicas. Teremos, para isso, a colaboração do Estúdio Madalena. Mas na galeria de arte também acontecerão exposições coletivas. E a música passa a ter mais um palco bacana neste verdadeiro patrimônio cultural carioca. Nosso objetivo é democratizar a cultura no Rio de Janeiro”, resume a diretora Renata Monteiro.

ARTES VISUAIS

A Casa Laura Alvim terá também um espaço destinado ao pensamento da fotografia contemporâneo, o Núcleo de Narrativas Visuais, com curadoria de Iatã Cannabrava, do Estúdio Madalena. A galeria está preparada para receber outras exposições.

TEATROS

O teatro principal ganhou 200 novas poltronas, equipamentos, camarins e outras instalações. Já o Teatro Rogério Cardoso – também conhecido como o Porão -, com 60 lugares, vai receber tanto peças teatrais quanto saraus, performances e outras possibilidades de eventos. As salas de cinema tiveram a acústica melhorada, ficaram mais confortáveis e retomam as exibições na segunda-feira, 19/9.

A programação para o público começa na quarta-feira, 6/10, quando Elisa Lucinda inicia a temporada de Paixão, segundo Adélia Prado, que se estenderá até dezembro.

MÚSICA

Na terça-feira, 11/10, estreia no Teatro Laura Alvim a série Música na Laura, com o irreverente Aymoréco, projeto de Chay Suede com Diogo Strauz. Serão duas atrações por mês, sempre às terças-feiras, às 20h, e 1h30 de show. Músicos e bandas vão se apresentar, com ingressos a R$ 10 e transmissão ao vivo para a plataforma Vivo, num sistema de captação e transmissão streaming. A ideia é incentivar e apresentar a efervescente cena musical brasileira. A Vivo é patrocinadora do Tudo na Laura, programação que engloba também o Estúdio Laura e o Teatro.

A proposta do Estúdio Laura é tornar a Casa referência e ponto de encontro da cena e criação musical brasileira, reforçando a música como instrumento de transformação para a juventude carioca.

O estúdio funcionará com atendimento a gravações e ensaios para jovens artistas e bandas e oferecerá cursos de gravação e produção musical. Haverá uma grade de atendimento para interessados em gravar e ensaiar e as inscrições serão feitas através de preenchimento de ficha e envio de material autoral. Todas as atividades serão gratuitas e os alunos dos cursos serão jovens selecionados pelo programa Territórios Culturais/Favela Criativa, da Secretaria de Estado de Cultura.

GASTRONOMIA

Aos sábados e domingos, quem quiser poderá tomar café da manhã, na varanda do terceiro andar da Casa, admirando a praia, das 8h às 13h. No moderno Bistrô, contemporâneo e bem brasileiro, haverá carta de drinks e cardápio criativo.

Assista

Fotos